Decoração de interiores: o que um corretor de imóveis precisa saber?

O mercado imobiliário está cada dia mais desafiador. A difícil situação econômica do país, a grande oferta de imóveis e o fácil acesso à informação tornam a tarefa do corretor de imóveis ainda mais árdua.

Nesse cenário, conhecer as melhores técnicas de vendas pode já não ser suficiente; é preciso buscar diferenciação no mercado. Diante disso, a decoração de interiores pode ser um excelente caminho para se destacar. Para entender mais sobre o assunto, continue lendo este post!

Como a decoração pode te ajudar

É bastante comum que os clientes fiquem perdidos ao visitar um imóvel pela primeira vez. Muitas vezes, eles não conseguem imaginar como vão ficar os ambientes depois de mobiliados, no caso dos que estão vazios, ou se influenciam demais pela decoração já existente.

Nesse caso, ter um bom repertório de soluções criativas para decoração irá te ajudar a mostrar o que cada imóvel tem de melhor, e como os eventuais defeitos podem ser compensados — principalmente para casas e apartamentos pequenos.

Saber como utilizar móveis e objetos para aumentar a sensação de amplitude e aproveitar bem os espaços faz toda diferença na hora de sugerir opções e encantar o cliente.

Mergulhando no universo da decoração de interiores

Procure conhecer os diferentes estilos de decoração, suas principais características e o que há de novidade no mercado. Para isso, revistas e blogs especializados, mostras de decoração e lojas são ótimas fonte de inspiração.

Assim, fica mais fácil oferecer dicas e sugestões para os clientes dentro do que eles procuram para sua casa. Para quem quer ir mais longe, existem inúmeros cursos de decoração de interiores, alguns mais longos, com certificado reconhecido, e outros mais curtos, que podem ser feitos até online.

Investindo em tecnologia

Já falamos por aqui como é importante ter boas imagens dos imóveis para atrair os clientes — mas não é só aí que a fotografia pode te ajudar. Ter um banco de imagens para inspiração é uma mão na roda na hora de oferecer sugestões aos clientes. Para isso, sites como o Pinterest possuem uma infinidade de imagens disponíveis que podem ser organizadas em painéis por estilo, cor, cômodos, e muito mais.

Facilita também o processo fazer uma pesquisa prévia nesses sites e separar seu próprio repertório de imagens. E tenha também um tablet ou smartphone com uma boa tela para mostrar aos clientes as imagens de móveis e ambientes decorados que vão ajudá-lo a visualizar melhor o seu futuro lar.

Conhecendo o seu cliente

É claro que todos esses recursos só serão realmente úteis se você conhecer o estilo do seu cliente — de nada adianta oferecer sugestões de uma decoração rústica a uma pessoa com perfil mais moderno, por exemplo. Portanto, conduza sempre as conversas de modo natural e, aos poucos, vá pegando detalhes do que cada cliente quer para sua casa.

Sabendo qual o estilo do seu cliente, você tem muito mais chances de acertar na indicação e avançar na concretização do seu negócio. E investir no seu conhecimento em decoração de interiores dará a você ainda mais credibilidade diante do cliente — nada melhor do que fazer negócio com quem entende do assunto, certo?

E então, pronto para mergulhar no mundo da decoração de interiores? Confira ainda mais dicas no nosso blog para se tornar um expert no assunto!

Ruana Godoy

Ruana Godoy

Bacharel em Relações Públicas pela Unesp, possui excelente experiência em comunicação digital, produção de eventos e empreendedorismo. Aquariana com ascendente em aquário, é apaixonada por liberdade, viagens e gastronomia.

Veja também...


Comentários

comments