O que é uma bolha imobiliária e como ela pode afetar um corretor?

Um casal de namorados resolveu se casar e iniciar uma vida a dois. Ao fazê-lo, compraram em 2008 um apartamento de R$300 mil. A vida conjugal foi se desenvolvendo e prosperando quando, em 2010, tiveram o primeiro filho. Os anos foram se passando e a família estava aguardando o segundo filho, em 2013. Então, decidiram trocar de casa.

O apartamento comprado em 2008 por R$300 mil foi, então, avaliado em R$800 mil, representando uma grande valorização do imóvel, que se deu pela conhecida bolha imobiliária, fato que já ocorreu em outros locais como os Estados Unidos e Europa.

Você sabe o que é uma bolha imobiliária e como ela pode afetar um corretor? Continue a leitura desse post para saber mais sobre esse assunto!

O que é uma bolha imobiliária?

Em 2008, o Brasil estava num cenário de crescimento econômico, em que grande parte da população brasileira tinha crédito no mercado, com facilidade para realizar um financiamento. Com isso, a procura por imóveis cresceu consideravelmente. Com o aumento na procura, os preços subiram (lei da oferta e da procura) e, como consequência, muitas pessoas passaram a investir em imóveis (comprando apartamentos para alugar ou revender).

Assim sendo, criou-se uma necessidade de novos imóveis, uma vez que muitos deles estavam em posse de investidores e havia o incentivo do governo, facilitando o financiamento de imóveis. Então, as construtoras passaram a construir mais e mais empreendimentos, com os preços excessivamente altos (acima da capacidade de compra das pessoas).

Os compradores passaram a considerar o aluguel de imóveis, uma vez que o preço para aquisição estava demasiadamente alto. Mais uma vez, a lei da oferta e da procura age, fazendo com que o preço dos aluguéis também suba. Com isso, o preço dos imóveis começa a baixar (patamar que ainda não atingimos), gerando um prejuízo para as construtoras e para os investidores.

A situação que o mercado imobiliário brasileiro está passando atualmente é o típico cenário de uma bolha imobiliária. Encontramos casas para alugar com preços altos, apartamentos à venda com preços mais baixos em relação à sua aquisição e imobiliárias desesperadas para vender.

Quais fatores influenciam no surgimento da bolha?

Há alguns fatores que propiciam o surgimento de uma bolha imobiliária, como:

  • Alta disponibilidade de crédito;
  • Baixa taxa de juros;
  • Baixo desemprego;
  • Aumento da renda;
  • Demanda por imóveis.

Ao se ter uma alta disponibilidade de crédito no mercado a baixos juros, estando empregado e com uma renda considerável, a chance de você investir em imóveis, seja para realização do sonho da casa própria ou para uma fonte extra de renda, é extremamente grande. O mercado econômico brasileiro estava propício para tal e, assim, a população o fez.

Porém, com a alta dos preços e a crise econômica nacional, a população passou a se sentir insegura para realizar uma compra de tal magnitude, postergando assim o sonho da casa própria (ou mudando o tipo de investimento).

O que o corretor deve fazer nos momentos de crise?

Você, corretor de imóvel, deve estar pensando: “O que fazer quando a bolha estoura?”. A demanda do mercado é baixa para a compra de imóveis e o preço dos aluguéis está consideravelmente alto. O que fazer para conseguir atender os clientes e vender imóveis na crise?

Aqui vai uma dica: além das técnicas de vendas, existem ferramentas online que te conectam com seu cliente. O cliente definirá o tipo de imóvel que deseja e o pedido chega aos corretores cadastrados. Dessa maneira, não é necessário ter uma cartela de imóveis e será muito mais fácil encontrar o imóvel ideal para o comprador.

Captar clientes por meio de uma plataforma imóvel web, estando vinculado ou não à uma imobiliária, pode ser o grande diferencial para você. Essas plataformas eliminam a burocracia tradicional desse mercado, facilitando todo o processo de compra do imóvel.

Você aprendeu o que pode fazer para se tornar um corretor diferenciado no mercado imobiliário. Que tal aprender agora a melhorar seu marketing pessoal? Não perca essas dicas para ser um profissional de sucesso!

Ruana Godoy

Ruana Godoy

Bacharel em Relações Públicas pela Unesp, possui excelente experiência em comunicação digital, produção de eventos e empreendedorismo. Aquariana com ascendente em aquário, é apaixonada por liberdade, viagens e gastronomia.

Veja também...


Comentários

comments